Fechar

Fale com nossa equipe

BLOG DE NOTÍCIAS

SAUDE

Qual a melhor idade para levar o filho ao ortodontista?

A época em que a criança é levada ao profissional depende do desenvolvimento
dos ossos da face e da dentição

Quando devo levar meu filho ao ortodontista? Essa dúvida é recorrente em pais preocupados com o desenvolvimento correto da dentição da criança, porque sabem que um sorriso saudável é importante não apenas por questões estéticas como também para a saúde, de modo geral. Enquanto levar os filhos ao médico pediatra e ao odontopediatra, desde bebês, já é hábito da maioria dos pais, o melhor momento para visitar um ortodontista – profissional que corrige problemas relacionados ao posicionamento dos dentes e ao crescimento dos ossos da face – é desconhecido por grande parte deles.

De acordo com a doutora em ortodontia, Sílvia Reis, o melhor momento para levar o filho ao ortodontista é entre cinco e sete anos de idade, quando ele iniciar a troca dos dentes de leite pelos permanentes. “A consulta realizada nessa fase envolve exame clínico e radiográfico, permitindo identificar ausências dentárias, irregularidades na formação dos dentes e no crescimento dos ossos da face”, esclarece.

Problemas e soluções

Os principais problemas verificados nessa faixa etária são: falta de espaço para correta acomodação de dentes permanentes; dentes tortos ou fora de posição; mordida profunda, aberta ou cruzada; perda precoce ou retenção prolongada dos dentes de leite; respiração bucal; hábitos de sucção (dedo ou chupeta); diastemas (espaços entre os dentes); dificuldade na mastigação; articulações que emitem ruídos e falta de proporção entre os maxilares (queixo grande, mandíbula para trás, etc).

O tratamento ortodôntico na infância visa corrigir problemas relacionados ao crescimento dos ossos da face, abrir espaço para a erupção dos dentes permanentes, reduzindo a chance da extração de dentes permanentes no futuro, além de tratar os hábitos inadequados de chupeta, dedo, respiração bucal. Esse tratamento oferece melhora da função mastigatória e da aparência facial do paciente, aumentado sua autoestima. “Levar seu filho ao ortodontista na idade correta garante diagnósticos preventivos e tratamentos mais assertivos, possibilitando a ele uma adolescência mais saudável e sem traumas com relação ao sorriso e à saúde bucal”, completa Sílvia Reis.

Sobre Sílvia Reis

Graduada em Odontologia pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), titulou-se mestre em Ortodontia pela Universidade Metodista de São Paulo (Umesp) e doutora em Ortodontia pela Universidade de São Paulo (USP). Atua em Belo Horizonte, desde 1994, e Ouro Branco, desde 1998. É, ainda, coordenadora do curso Ortoadultos – Tratamento Ortodôntico em Adultos (SP e BH) e da especialização em Ortodontia do Instituto de Estudos da Saúde Sérgio Feitosa (IES) e palestrante nos principais eventos nacionais de Ortodontia.

Informações para a imprensa

Hipertexto Comunicação Empresarial

Inscreva, para novidades.

Todos os direitos reservados a Pele em Pauta 2018. Desenvolvido por Agência Salt.