Fechar

Fale com nossa equipe

BLOG DE NOTÍCIAS

BELEZA

Pílulas dermatológicas: Dúvidas frequentes da dermatologia

Se você vira e mexe tem alguma dúvida sobre tratamentos, beleza, bem estar e saúde, aqui é o seu lugar! Separamos pílulas especiais da nossa 1ª temporada para quem deseja saber sobre as novidades em dermatologia com rapidez e praticidade. Ah, e o melhor: o nosso conteúdo é sempre embasado na palavra de um especialista, então pode confiar! Dá só uma olhada:

 

  • Limpeza de pele: é importante?

Sim! Você sabia que, antes de qualquer procedimento estético na face, é fundamental realizar a limpeza de pele? Segundo a biomédica Eidi France, muitas pessoas ignoram a importância da higiene correta da face e já partem direto para os tratamentos estéticos. Fazer a limpeza de pele, sempre com um profissional de formação especializada, proporciona a melhora da acne e da oleosidade, além de auxiliar em tratamentos profundos da derme, promovendo resultados mais satisfatórios.

 

  • Escovas progressivas provocam queda capilar?

 

Segundo a Dra. Amanda Gomes, a recomendação médica é que, nestes procedimentos, a aplicação do produto seja feita exclusivamente nos fios, distanciando no mínimo de 1cm do couro cabeludo. Caso o produto atinja o couro cabeludo, ele pode sim causar queimaduras e a incapacidade de crescimento de novos fios no local. Atenção com os cabelos mulherada! ????

 

  • Varizes: como acabar com esses vasinhos tão incômodos?

 

Segundo a angiologista Dr. Solange Evangelista, as varizes são causadas principalmente pela predisposição genética e por fatores como o ganho de peso e sedentarismo. A prevenção é essencial, por isso, a sugestão é apostar nas meias de compressão e movimentar-se bem durante o dia. Quanto aos tratamentos, a Dr. Solange afirma que as cirurgias para varizes evoluíram muito e hoje em dia são menos invasivas. A chamada cirurgia endovascular é feita por dentro dos vasos e pode ser associada a um laser ou radiofrequência para solucionar de vez o problema. Além disso, as aplicações de microespumas também são boas opções terapêuticas.

 

  • Como tratar a Acne?

 

A acne é doença muito comum, acometendo cerca de 20% da população mundial. É uma condição multifatorial, que envolve as alterações hormonais, o aumento da oleosidade da pele, a presença de bactérias que metabolizam o sebo e outros processos inflamatórios. A especialista Dra. Adriana Biagioni explica que os casos leves podem ser tratados com:

-> medicamentos tópicos, principalmente os retinóides, peróxido de benzoíla e antibióticos;

-> sabonetes, tônicos e filtros solares específicos para esse tipo de pele.

Já Em casos moderados, pode haver necessidade de se acrescentar medicamentos orais, como alguns antibióticos e anticoncepcionais, entre outros. Já os casos graves, com acometimento extenso e que cursam com cicatrizes, podem ser tratados com o uso da isotretinoína oral. Os lasers, a luz pulsada e aparelhos de LEDs podem ser usados como coadjuvantes no tratamento tanto na fase ativa, reduzindo a inflamação e por seu efeito bactericida, quanto em fase mais tardia, na melhora das manchas residuais e na correção de cicatrizes.

 

  • Micropigmentação de sobrancelhas: vale a pena?

 

Não há dúvidas de que as nossas sobrancelhas têm papel fundamental para a harmonia do rosto. Quando retiramos em excesso os pelos desta região, eles podem não voltar a nascer. A moda das sobrancelhas fininhas, de alguns anos atrás, por exemplo, é hoje um problema para diversas mulheres que desejam voltar para suas sobrancelhas naturais. Algumas doenças e maus hábitos diários também podem estar relacionados à perda destes fios. E como resolver o problema? Atualmente, a  microdermopigmentação é uma boa alternativa. O procedimento age por meio do depósito de pigmentos na pele, corrigindo as falhas fio a fio, o que gera um resultado muito satisfatório e natural!

 

  • Olheiras: tipos e tratamentos

 

A dica é do dermatologista Dr. Bruno Vargas: “as #olheiras podem ser marrons, arroxeadas ou, ainda acompanhadas de inchaço, causado talvez por noites mal dormidas. A cor escura ocorre por diversos fatores, como o excesso de melanina; vascularização aumentada na região ou por que a pele nessa área é muito fina, deixando aparecer por transparência a musculatura da região. E, não culpe só o cansaço. Se você fuma, a probabilidade de ter olheiras é maior. Pode ser ainda uma tendência genética, que vai ganhando maior destaque depois dos 30 anos. Entre os tratamentos estão o laser que trata pigmentos nas camadas superficiais e profundas da pele, destruindo os vasos inflados e induzindo a formação de colágeno ou os lasers fracionados (ablativos e não-ablativos), que podem ser utilizados para indução de colágeno e melhora da textura da região. Há ainda a possibilidade de aplicação do ácido hialurônico, para melhora da profundidade local.”

 

  • O funcionamento do intestino influencia na saúde da minha pele?

 

Sim! O intestino é o canal entre os nutrientes e a circulação, agindo como barreira contra toxinas de uma grande variedade de fontes. Por isso, para ter uma pele bonita e saudável é essencial que este órgão esteja funcionando adequadamente. A dica é da Nutricionista Karla Ferreira.

 

  • Quais os possíveis motivos da queda de cabelo?

O dermatologista, pós-graduado em implante capilar, Dr. José Rogério Regis afirma que, além do fator hereditário, a queda capilar pode ter relação com a anemia, distúrbios alimentares, disfunções hormonais e, até mesmo, estar relacionada com outras doenças sistêmicas, muitas vezes graves. Para o diagnostico correto dos problemas que acometem os fios é preciso consultar um dermatologista especialista. A dermatoscopia é um dos exames que auxilia os médicos, por meio de um aparelho com lente de aumento, que consegue analisar a haste dos fios.

 

  • Quais os cuidados básicos para manter os cabelos saudáveis?

A dermatologista, Dr. Amanda Gomes dá as dicas:

1) Na hora de lavar os fios, lembre-se do roteiro: shampoo ideal para os seu tipo de fio, não deixar de usar o condicionador (nas pontas) e escolher um bom finalizador.

2) A temperatura da água e a frequência das lavagens são dois fatores muito importantes. Nunca lave os cabelos em água muito quente!

3) Quando o cabelo está molhado ele ganha elasticidade. Por isso, para evitar a quebra, não penteie os fios durante o banho.

4) E para minimizar os danos dos cabelos tingidos e descoloridos, a Dr. Amanda recomenda aumentar a frequência entre os procedimentos químicos.

 

  • Procedimentos estéticos envolvem riscos para a saúde?

Hoje em dia, são tantas novidades em tratamentos e tecnologias para a pele, que queremos experimentar todas elas e ver os benefícios o quanto antes, não é mesmo? Mas é preciso cautela ao decidir realizar qualquer procedimento estético.  De acordo com o dermatologista e presidente da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Gabriel Gontijo a radiofrequência, por exemplo, técnica que auxilia no tratamento da flacidez e textura da pele, pode causar queimaduras, quando não é realizada de maneira adequada? Isso porque ela age por meio de um aquecimento controlado, para a maior eficácia nos resultados. Da mesma forma, o uso de lasers, aplicações de substâncias e outros procedimentos, podem implicar vários riscos à saúde, se não forem feitos por um profissional habilitado.

 

  • Qual a diferença entre os cosméticos e dermocosméticos?

A Dra. Isis Oliveira esclarece: os cosméticos são as substâncias que têm a capacidade de embelezar a pele, como os hidratantes, por exemplo. Já os dermocosméticos são produtos funcionais que, além de embelezar, também possuem potencial de tratamento. Dra. Isis afirma ainda que os dermocosméticos, quando bem escolhidos, com indicações para o seu tipo de pele, trazem resultados muito satisfatórios e visíveis em cerca de 90 dias. Mas para isso, é preciso ter paciência e persistência mulherada, usar os produtos de maneira correta e diariamente. Pele bonita e saudável não é milagre!

  • Tatuagens: é possível removê-las?

Com a palavra a especialista, Dra. Adriana Lemos​: “A tattoo pode ser removida com crioterapia, dermoabrasão, cirurgia excisional e laser. As três primeiras não são específicas para retirar apenas o pigmento da pele, o que aumenta a chance de manchas brancas e cicatrizes. O laser é uma fonte de luz que é absorvida na pele pelo pigmento da tatuagem, o que apresenta menor probabilidade de deixar cicatrizes e manchas. Entretanto, não se pode garantir a eliminação total da tatuagem, especialmente se ela for multi-colorida e localizada nas mãos e pés. A remoção a laser de tatuagens atinge a camada da pele que contém a tinta sem causar lesão nas células normais próximas à área tratada.”

 

  • Como a Psoríase se manifesta?

Esta doença da pele é caracterizada por lesões de placas rosadas ou avermelhadas, que possuem descamações na superfície. Esta doença não escolhe idade, nem local específico para aparecer, podendo acometer tanto crianças, como adultos, em diversas partes do corpo. Uma informação importante é que ela é uma das únicas doenças da pele em que é recomendado a exposição solar, sempre sob orientação médica e em horários adequados. Segundo a dermatologista Dra. Marcela Mattos, esta doença não é contagiosa e pode ser diagnosticada rapidamente em consultório dermatológico. A Dra. Marcela ainda afirmou que alguns estudos apontam a relação entre a Psoríase com outras doenças sistêmicas do corpo, como as doenças cardiovasculares.

 

  • Alimentação X Pele

Sabe-se que a pele é um dos grandes sinalizadores do nosso corpo. Lesões, erupções ou acnes, podem representar, por exemplo, desequilíbrios intestinais, intoxicação hepática ou falta de alguma vitamina ou mineral. Uma das primeiras entrevistas do Pele em Pauta foi justamente sobre a relação da pele com a alimentação e o que a pele pode revelar sobre a saúde. Nestes casos, é essencial o trabalho multidisciplinar de um dermatologista com o nutrólogo e nutricionista. Segundo a entrevistada Ana Claudia Cançado, nutróloga “é o dermatologista quem diagnostica com propriedade a lesão. Uma vez feito o diagnóstico correto, encaminhar para o nutrólogo é interessante porque é ele quem vai solicitar o mineralograma e os exames hormonais e metabólicos. Digo que todo mundo que tem alguma queixa de pele deveria ter um plano alimentar específico para cada coisa. O nutricionista vai calcular sua hidratação, e construir o plano alimentar específico para cada falha do organismo.”

 

  • Por que as mulheres possuem uma predisposição muito maior do que os homens para o aparecimento do melasma na pele?

 

Segundo o dermatologista Dr. Bruno Vargas, isso ocorre devido à questão hormonal. Por este mesmo motivo, é comum o aparecimento das manchas durante a gravidez, quando o corpo tem grandes picos hormonais que estimulam a pigmentação da pele de um modo geral.

 

  • Como rejuvenescer as mãos?

 

Você sabia que as nossas mãos não envelhecem da mesma forma que o resto do nosso corpo? Isso porque esta é uma das regiões corporais mais expostas e sensíveis ao fotoenvelhimento e às agressões do dia a dia, com o uso excessivo de sabonetes, detergentes e outros produtos químicos. Mas então como manter as mãos viçosas e macias? A Dra. Adriana Lemos explicou, em entrevista ao Pele em Pauta, que os cuidados diários, como a boa hidratação, fazem toda a diferença para manter as mãos sempre jovens. Uma dica que a Dra. Adriana comentou para fazer sempre que puder é: lave as mãos, passe um óleo para aumentar a permeabilidade da pele e após isso passe um creme hidratante + o seu protetor solar.

 

  • Pele oleosa precisa de hidratante?

 

Com a palavra o especialista, dermatologista Dr. Bruno Vargas: “Muita gente se engana ao pensar que, por ter a pele oleosa, não precisa se preocupar com a hidratação, especialmente, nas estações mais frias e secas do ano. Banhos muito quentes somados à baixa umidade do ar podem estimular a produção sebácea e aumentar ainda mais a oleosidade da pele nessa época. Para não errar, o indicado é que os banhos sejam mais curtos e que o sabonete utilizado seja específico para o seu tipo de pele. Além disso, não se esqueça de hidratar a pele e também de protegê-la, dando preferência aos produtos oil free, que são feitos especialmente para a pele oleosa”.

 

Inscreva, para novidades.

Todos os direitos reservados a Pele em Pauta 2018. Desenvolvido por Agência Salt.